Não sou boa o suficiente (?)

sexta-feira, novembro 09, 2018
não sou boa o suficiente

 De um milhão e meio de coisas que preciso melhorar em mim, uma das principais é a baixa autoestima. Preciso tirar de mim a sensação de que preciso ser sempre a melhor em tudo para conseguir algum destaque. E, principalmente, tirar de mim a sensação de que não sou boa o suficiente em nada.
 O problema é que falar e fácil! O difícil é arrancar do peito o sentimento de culpa por não tirar as melhores notas na faculdade, por achar que o que eu estudo não é o suficiente (mesmo sabendo que eu não aguentaria mais tantas horas na frente do computador fazendo cadernos digitados), por olhar as pessoas ao redor e saber que sou boa para estar em suas vidas, mas não boa o suficiente para fazerem uma real questão da minha presença.
 A felicidade de ter passado na melhor universidade do meu estado já deu lugar a tristeza da comparação. Porque se comparar com os outros é uma forma de castigo muito dolorosa. Enquanto eu tenho colegas que completam as frases dos professores, que respondem às perguntas, que tiram notas boas mesmo nas provas mais difíceis, eu só me sinto "mais uma" naquele meio.
 E eu não podia falar sobre isso, porque não queria ser a "vítima", ser a "pessimista", ser a "coitada", ser a que fica com "mimimi". Porque isso cansa as pessoas, isso afasta as pessoas.
 Mas, hoje eu percebi algo muito importante: eu não preciso ser perfeita! Eu preciso, sim, sempre buscar melhorar a mim mesma, buscar fazer tudo que faço da melhor forma que posso. Mas está tudo bem se eu não tirar a melhor nota, se eu não souber responder à todas as perguntas, se eu não me vestir da melhor forma, se não for a melhor companhia o tempo inteiro, se eu não for a mais bonita. 
 Com certeza as pessoas que conseguem essas proezas também possuem outros defeitos, que podem ser diferentes dos meus. Porque todos somos humanos. E está tudo bem em ser humano. Não vale a pena se entregar à comparação, à tristeza, nem se conformar com tudo e estagnar em um lugar por se cansar de tentar se mover e tropeçar.
 Então vou me levantar a cada vez que eu cair, até eu conseguir alcançar o meu objetivo, mesmo que o coleguinha do lado tenha chegado lá sem nenhum tropeço. Porque eu não sou ele, eu sou eu. Cheia de defeitos, mas sempre pronta para tentar repará-los e evoluir. 
 E é assim que eu vou conquistar a admiração de pessoas que entendem que não sou perfeita e que nem tudo são sempre flores, mas que vão continuar ali quando houverem dias ruins, assim como estiveram nos dias bons.
 Então, eu decidi que sou boa o suficiente. Posso me afastar e ser afastada de quem não concorda com isso. Só não posso acreditar em quem me diz, ou pior, me faz sentir como se eu não fosse. Porque, para mim, eu sou boa o suficiente dentro do que consigo ser, e estou muito feliz com isso. Mais do que feliz, renovada!

TEXTO ANTIGO

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.