A vida está por um triz - sempre

quinta-feira, fevereiro 21, 2019

vida por um triz

 Dizem por aí que quando você está prestes a morrer passa um filme da sua vida na cabeça. Bom, não passou um desses pela minha cabeça. Talvez por eu não estar realmente prestes a morrer. Afinal, saí com arranhões leves, apesar do acidente ter sido tão grave. 
 Mas, o que aconteceu me ensinou uma lição, que eu achava que sabia, mas só aprendi na prática: viver cada segundo como se fosse o último. Porque, algum dia, quando a gente menos esperar, vai ser. Uma pessoa com a minha idade tem a sensação de ter uma vida inteira pela frente. Quando, na verdade, eu poderia ter perdido a vida em segundos. 
 E então, eu parei para pensar no que deixei de dizer e fazer, por achar que poderia ter a oportunidade depois. Tive que ver a morte cara a cara para entender o real valor dessas palavras não ditas e das vontades não realizadas. Devemos pensar no futuro e tentar, ao máximo, construí-lo bem. Mas, acima disso, devemos aproveitar as fases do presente. 
 Até o dia de hoje, eu preferi não falar sobre isso, porque queria esquecer. Mas essas tragédias recentes me fizeram perceber que esquecer disso me faria esquecer de que a vida está sempre por um triz, como uma flor que pode ser colhida a qualquer momento. E está aí algo para se lembrar diariamente.

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.” – Charles Chaplin

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.